Números

Números: Têm esse nome, devido o povo ter sido contado duas vezes, escrito por Moisés.

Este livro nos fala de um período de quarenta anos da história de um povo hebreu.

O povo foi contado duas vezes, foram contados os homens acima de vinte anos, entre a primeira e segunda contagem uma geração inteira morreram de menos Josué e Calebe, devido ter sido temente a Deus. Quando foram contados pela primeira vez haviam 603.550 mil homens acima de vinte anos, sem contar mulheres e crianças, o que somariam de dois a três milhões de pessoas, e quarenta anos depois feito a segunda contagem, haviam 601.730 homens acima de vinte anos. Por isso que a idade de maioridade é hoje de vinte e um anos.

Moisés era um homem tão especial que pediu a Deus que perdoasse o povo, e Deus perdoou o povo dez vezes, como o povo vivia em pecado, Deus perdoou, mas não permitiu que eles entrassem na terra prometida, somente Josué e Calebe.

Aquelas pessoas andaram no deserto quarenta anos, Deus enviou uma nuvem durante o dia e uma coluna de fogo a noite, e segundo a ordem do Senhor os filhos de Israel seguiam viagem e segundo a ordem do Senhor paravam e se acampavam, permaneciam acampados todos os dias em que a nuvem repousasse sobre o tabernáculo, quando a nuvem se detinha muitos dias sobre o tabernáculo, os filhos de Israel cumpriam a ordem do Senhor e não partiam.

Se nós não crermos, Deus fica limitado pela nossa fé, Deus nos fez com liberdade de escolha.

Numeros centro da vontade de Deus

Devemos andar na vontade orientadora de Deus. O povo não entrou na terra prometida por causa da falta de fé. Deus os alimentou-se com o maná, quando eles entraram na terra prometida, Deus cessou-se de mandar o maná, mas enquanto estavam no deserto, Deus supriu-lhes com o maná. Essas pessoas sempre pressionavam Moisés, então os Egípcios começaram a ficar com saudade das coisas boas do Egito, saíram junto com os Hebreus, os Egípcios e os Gentios, esses Egípcios ficavam com saudade das coisas boas do Egito, os filhos de Israel se juntaram a essas pessoas e choramingaram (há se tivéssemos as delícias do Egito…), o ruim disso tudo é que eles preferiram carne ao maná.
Várias vezes eles choramingaram, isso entristece muito a Deus. Deus disse a Moisés, diga ao povo para purificar que amanhã terão carne, diga que o Senhor ouviu seus lamentos, depois que Ele mandou a carne, mandou também uma praga, e foi o desejo pelo Egito que entristeceu a Deus.
Você está vivendo a vontade de Deus para sua vida? Ou está andando em círculo? Com todo o meu ser eu exorto que você decida no seu coração, a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.
No capítulo 13 de números, foram mandados espiões para espiar a terra de Canaã, foram enviados para observar a terra, o seu povo, ver se eram muitos ou poucos, fortes ou fracos, os espias tinham que observar as cidades para ver se elas estavam desprotegidas ou se eram cidades fortificadas, difíceis de serem conquistadas, quando os doze espias não tinham como descrever a fartura daquela terra, trouxeram caixas de uvas de tão grandes, eram necessários dois homens para carregá-los em varas, isso nos dá idéia da indescritível fartura daquela terra, nossos espias também viram que o povo eram gigantes guerreiros e bem organizados, suas cidades eram fortificadas, os espias então disseram, eles são tão grandes que nós sentimos como gafanhotos perto deles, mas Calebe animou o povo quando se apresentou diante de Moisés, no relatório de espias: Vamos subir de uma vez e tomar as cidades, porque nós podemos conquistá-las. Calebe e Josué foram os únicos a darem uma perspectiva positiva, todos os outros espias foram negativos nos seus relatórios, Deus fica tão impressionado com isso, que o livro de números nos mostra que o Senhor fica disposto a trocar todo o povo com mais ou menos dois a três milhões de pessoas, por apenas dois homens, Ele disse que todos vocês morrerão no deserto, mas esses dois homens Calebe e Josué Eu levarei comigo para a terra prometida, porque eles seguiram e creram em mim. Um dos maiores personagens das escrituras em termo de fé são esses homens simples chamado Calebe e Josué.
Quarenta e cinco anos depois quando tinham atravessado o Jordão e entrado em Canaã, chegam à cidade de Hebrom, como Calebe trabalhou como um dos doze espias, ele foi até lá, ele viu a cidade e achou que aquela era a mais linda que ele já tinha visto, ficou muito animado com a cidade e acreditaria que Deus daria capacidade de conquistá-la, quando relatou isso para Moisés. Moisés lhe disse: Calebe, quando finalmente nós entrarmos lá, você terá a cidade de Hebrom, ela será toda sua, depois andaram quarenta anos no deserto, Calebe marcha diante de Josué e disse: ei, você se lembra o que Moisés nos falou, quando apresentamos o relatório para ele? Eu já tinha andado quarenta anos no deserto e estava em Canaã havia cinco anos quando Moisés havia feito aquela promessa, agora eu tenho oitenta e cinco anos, mas eu vou dizer uma coisa: tenho a mesma força que eu tinha aos quarenta anos, ainda sou capaz de ir até lá e entrar na cidade e Deus irá comigo e poderei conquistar a cidade de Hebrom, dê-me Hebrom, então Josué deu a cidade de Hebrom a Calebe e ele a conquistou.
Quando aquele povo estava no deserto reclamando tanto que Deus teve que mandar serpentes para picá-los, Calebe agiu diferente, porque tinha os olhos focados na terra prometida, se perguntassem Calebe, o que ele achou do deserto, ele diria: eu me lembro daquelas uvas lá de Hebrom, do solo fértil e da beleza da cidade, Calebe nunca perdeu essa visão, quando aqueles espias voltaram e apresentaram o seu relatório, dez deles eram como a maioria da liderança hoje em dia, eles eram especialistas, como podemos chamar de gigantologia, eles sabiam tudo sobre os problemas e obstáculos, homens como Calebe e Josué, não vêem os gigantes, mas vêem Deus, eles vêem os problemas, claro, mas eles estão sempre vendo Deus, os problemas são grandes, mas o Deus deles é maior, homens com essa visão são raros, mas extremamente valiosos.
No capítulo vinte e um, o povo reclamou tanto que Deus enviou serpentes para picá-los, isso mostra o quanto Deus odeia reclamações e lamentações, então, quando vários deles estavam morrendo por causa das picadas das cobras, Deus envia uma mensagem de misericórdia, Deus disse a Moisés: Pegue uma serpente de bronze e erga numa vara no acampamento, todo aquele que foi picado pela serpente, irá até o centro do acampamento, olhará para a serpente de bronze que está erguida e então será sarado da picada, muitos dos que reclamaram e foram picados pela serpente, disseram: isso desafia a lei da ciência médica, o que olhar para um pedaço de bronze tem a ver com a picada de cobra? Esses então morreram que nem moscas, os outros disseram: isso não é muito científico, mas pelo menos é uma esperança, eu estou morrendo, estou inchado como sapo, estou morrendo por causa dessa picada, essa é a única esperança que eu tenho, esses foram carregados até o centro do acampamento ou se arrastaram até lá, quando olharam para serpente de bronze, foram curados das picadas, simples assim.
No capítulo doze de números encontramos uma passagem de Moisés (grandeza de Moisés) – Era um homem inigualável, ele era especial e importante, era um homem muito manso, mais do que os homens que havia na terra.
Manso significa: dócil, submisso, Jesus era manso, porque sempre fazia a vontade de seu pai, Deus valorizou Moisés que era manso, pois estava disposto fazer a vontade de Deus, por isso, Deus trocaria uma nação inteira por um homem apenas, impressionante também era a intimidade que Moisés tinha com Deus. Disse Deus a Moisés: Toma a vara ajunta o povo, tu e teu irmão Arão, na presença deles Eu ordenarei a rocha que dê as suas águas, assim lhes tirarei água da rocha e dareis a beber ao povo e aos seus animais, então Moisés tomou a vara de diante do Senhor, como Lhes tinha ordenado. Moisés e Arão reuniram o povo de diante da rocha: Ouve agora rebeldes, porventura, tiraremos água dessa rocha para vós? Então, Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, a água jorrou abundantemente e a congregação e os seus animais beberam, mas o Senhor disse a Moisés e a Arão, visto que não crestes em mim para me santificardes diante dos filhos de Israel, não introduzireis este povo na terra que lhe dei (esse foi o pecado de Moisés). Deus mandou falar a rocha, mas Moisés bateu na rocha duas vezes, ele perdeu a paciência. Também não crestes em Deus (Moisés teve um esgotamento nervoso).
Se o nosso coração estiver correto diante de Deus, Ele ouve nossas orações, Ele supri nossas necessidades. No caso de Moisés, Deus deu setenta homens para lhe ajudarem, Deus dividiu a responsabilidade da liderança, ele ungiu setenta homens.

<― Anterior Próxima ―>

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.