II Samuel

 

A chave para manter a unção do Espírito Santo é a obediência, Jesus disse na última ceia: Se me amares e guardares os meus mandamentos, Eu rogarei ao Pai e Ele vos dará o Espírito, quando Judas que escreveu a Epístola de Judas, perguntou a Jesus: Senhor, porque pretendes manifestar-te a nós e não ao mundo? Jesus respondeu: Se alguém me amar, guardarás minhas palavras, meu Pai o amará e viveremos para Ele e Nele faremos morada. Em outras palavras, o pré-requisito para experimentar o que as escrituras chamam de: A unção do poder do Espírito Santo sobre nós.

Uncao

Lemos no livro de Atos que Deus nos dá o Espírito Santo através daqueles que o obedecem, portanto a unção do desobediente não tem como durar, por isso que Saul não durou como rei.

Com Davi nós temos a unção do obediente e essa é outra história, estudamos porque ele foi um exemplo, a sua obediência, atingiu o seu auge no capítulo 7 de II Samuel, onde lemos sobre o seu reino eterno, neste capítulo vemos que Davi tinha no seu coração construir uma casa para Deus, ele vivia num palácio e queria construir um grande palácio para Deus que ainda vivia naquela tenda dos tempos do deserto.

O profeta Natã foi até Davi e disse que Deus não queria que ele construísse uma casa porque Deus ia construir uma casa para Davi, a casa que Deus ia construir seria um reino eterno, Davi ia possuir uma dinastia, uma sucessão de filhos que reinariam sobre Israel, é claro que o Messias iria entrar nessa sucessão e o seu reino não teria fim, o capítulo sete de II Samuel é uma descrição desse reino, quando Davi ouviu estas palavras fez uma linda oração dizendo: Ah Senhor Deus, porque o Senhor derramou tantas bênçãos sobre uma pessoa tão sem importância como eu? Além de tudo que o Senhor já fez, ainda fala sobre dar-me um reino eterno? Ah Senhor, o que mais eu posso dizer? O Senhor sabe como eu sou o Senhor está fazendo tudo isso porque o Senhor prometeu e porque quer assim.

Davi entendia aquilo que o Apóstolo Paulo iria dizer na sua carta aos Romanos no Novo Testamento: Que não é por causa dos nossos merecimentos nem por causa das nossas obras que Deus nos abençoa, Deus nos abençoa por causa da Sua graça.

Quando chegamos ao capítulo onze de II Samuel inicia-se outra fase na vida de Davi, esse período foi um dos mais longos e difíceis para ele, é quando Davi que tinha sido um grande exemplo torna-se um alerta, Davi cometeu pecado do adultério e de assassinato e por um ano inteiro tentou encobri-los de todo mundo, quando você chega a esse capítulo de Davi o pecador, você não consegue deixar de se perguntar: Como um homem segundo o coração de Deus que queria fazer toda a vontade de Deus pode cair? Como um homem de Deus como era Davi cai assim desse jeito? Quando estudamos o pecado de Davi, vemos que há várias explicações e razões para os seus pecados:

Primeiramente Davi pecou porque era homem, apesar de ser um homem de Deus, ele estava sujeito a pecar e a fracassar espiritualmente, de acordo com as escrituras todos estão sujeitos a tentação e de acordo com o Novo Testamento: Nós nunca perdemos essa tendência para o pecado. O Apóstolo Paulo que também era um homem de Deus afirmou no capítulo sete de Romanos o seguinte: O pecado habita em mim, isso é uma lei espiritual, portanto estamos sempre sujeitos a cair, Davi também pecou e de acordo com II Samuel, capítulo 11 e versículo 1: Ele pecou porque estava fora da vontade de Deus, nós lemos assim: E aconteceu que, tendo decorrido um ano, no tempo em que os reis saem à guerra, enviou Davi a Joabe, e com ele os seus servos, e a todo o Israel; e eles destruíram os filhos de Amom, e cercaram a Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém. Era época em que os reis deveriam estar liderando os seus exércitos nas batalhas e Davi ficou em Jerusalém, ele mandou outra pessoa no seu lugar para comandar o exército.

Sair da vontade de Deus como Davi fez, nos torna vulneráveis a tentação, Davi pecou porque estava no auge do sucesso.

O Apóstolo Paulo faz a seguinte afirmação: Sei passar necessidade e também sei ter abundância, é necessária muita maturidade espiritual para passar necessidade e talvez seja necessária ainda mais maturidade para ter abundância. Nos tempos de abundância que nos tornamos mais vulneráveis, faça uma retrospectiva da sua vida espiritual, pense no momento em que você cresceu mais espiritualmente, não foi nos tempos de dificuldades que você passava por necessidades que teve que depender de Deus? Pensando no seu passado, você percebe que quando estava tudo bem foi o tempo em que você esteve mais vulnerável? Davi pecou quando tudo ia muito bem, quando ele estava no auge do seu sucesso como rei.

Lemos que enquanto o exército de Davi estava tomando a cidade de Rabá, Davi saiu na varanda e viu uma linda mulher tomando banho, ele quis o que viu, ele era o rei e podia ter tudo que quisesse, ele quis aquela mulher e a tomou, o adultério de Davi foi muito sério, Bate-Seba parecia amar sinceramente seu marido Urias, ele era um dos comandantes do exército de Davi e estava atacando a cidade de Rabá, lutando a luta de Davi.

Quando Davi descobriu que Bate-Seba tinha engravidado, mandou que seu marido voltasse da batalha, ele tentou fazer com que Urias fosse para casa e dormisse com Bate-Seba, mas Urias era um soldado tão leal que não conseguia fazer isso, Davi até embriagou Urias para fazê-lo ir para casa e dormir com a sua mulher, mas Urias recusou, ele disse: Meus homens estão lá no campo, não seria certo eu dormir com minha mulher. Quando Davi percebeu que não havia nada que fizesse Urias ir para casa e dormir com sua mulher, escreveu uma mensagem para seu general Joabe e a mandou pelo próprio Urias, isso mostra como Urias era um homem de confiança, aparentemente ele não abriu, nem leu a mensagem, a mensagem dizia: Quando você atacar a cidade amanhã, ponha Urias na linha de frente de ataque e tire a sua retaguarda para que ele seja morto, não passou muito tempo e o general enviou uma mensagem ao rei dizendo: Atacamos a cidade e fomos até o muro, Joabe deu a seguinte instrução ao mensageiro: Quando o rei se irritar com você e disser: Porque vocês se aproximaram tanto do muro? Não sabe que foi assim que Abimeleque morreu? Que uma mulher jogou uma pedra de moinho na sua cabeça? Tudo que você tem a dizer é: Urias o heteu morreu e o rei entenderá, Urias foi morto e Davi, portanto não era só culpado de adultério como também de um terrível assassinato, porque matou um dos seus valentes.

Davi traiu a lealdade de Urias e era culpado de adultério de assassinato, Davi era culpado de viver uma mentira.

De acordo com a história, Davi encobriu o seu pecado por um ano inteiro, ele pensou que ninguém descobriria, só ele saberia e talvez o seu general de confiança Joabe. Se você estudar os Salmos de Davi que falam sobre as conseqüências daquele pecado perceberá que esse foi o ano mais triste da vida de Davi.

Davi foi o grande pregador, ele pregava para o que chamamos de a grande congregação. Ele escreveu metade do hinário do povo de Deus, o livro de Salmos. Davi amava reger o coral dos Levitas e aquela orquestra de quatro mil sacerdotes tocava instrumentos musicais que ele próprio havia confeccionado, ele amava conduzi-los em adoração e louvor. No Salmo 51 em que Davi confessa seu pecado, ele conta que durante um ano inteiro não pregou, durante um ano inteiro ele não louvou a Deus, deve ter sido um ano muito difícil para Davi, no Salmo 32 ele disse que durante um ano inteiro ele se manteve em silêncio e recusou-se a confessar o seu pecado, sua força secou como a água que evapora num dia de verão porque a mão de Deus pesava sobre ele, a culpa de Davi o deixou doente, mas um dia ele disse no Salmo 32: Confessei-te o meu pecado e Tu perdoaste a culpa do meu pecado, ele acrescenta: Bem aventurado a quem o Senhor não atribui pecado em cujo espírito não há engano, ele falou dessa bênção do perdão e ainda disse: Todo aquele que é santo orará a ti a tempo de te poder achar, em outras palavras Davi disse que o povo de Deus deveria orar pedindo a bênção do perdão, isso quer dizer que o povo de Deus não peca? Peca, o exemplo de Davi mostra isso claro, não há dúvidas quanto ao fato de Davi ter sido um homem de Deus, mesmo tendo caído e pecado, a importância é que Davi se arrependeu. Leia o Salmo 51 e o 32 e descubra a benção do perdão de Deus por nossos pecados.

Este livro de II Samuel é quase todo dedicado as conseqüências dos pecados de Davi e como ele reagiu às conseqüências, os capítulos 11 a 18 sugerem que Davi nunca foi um grande homem de Deus até que reagiu a terrível realidade de que tinha pecado. O Salmo 23 é o preferido de muitas pessoas, porque ele apresenta uma filosofia de vida completa, quando você o entende e descobre que ele ensina viver, ensina morrer e a errar, sua filosofia de vida não é completa se não mostrar como viver, como morrer e como lhe dar com os fracassos e erros durante a vida.

Existem pessoas que não sabem como viver, outras que sabem como viver, mas não sabem como morrer, outras ainda podem enfrentar a vida e a morte, mas não conseguem aceitar seus próprios erros, para eles é absolutamente impossível lhe dar com o erro, Davi lhe dava com essas três coisas, o Salmo 23 nos mostra isso.

Nos capítulos 11 a 18 e nos Salmos que foram escritos durante aquele período, Davi nos mostra como viver, como morrer e como errar, é perfeitamente possível que um homem de Deus erre, quando você errar, faça a seguinte pergunta a você mesmo: Que atitude tomar em relação ao meu erro? Como vou reagir? É nesse ponto que a vida de Davi mais uma vez representa um exemplo.

A vida de Davi é exemplar porque ele nos mostra como errar corretamente, no capítulo 11 de II Samuel, você lê todos os horríveis detalhes do pecado de Davi, depois do capítulo 12, um corajoso profeta chamado Natã comparece perante o rei e o tribunal real, naquela época era costume apresentar ao rei um conflito que estivesse acontecendo, nesse tipo de tribunal o rei fazia também o papel de juiz, também era costume contar pequenas histórias, assim o profeta Natã contou uma história pra esse tribunal real, ele contou que havia um homem muito rico que tinha muitas ovelhas no seu rebanho e em frente a sua casa morava um homem pobre que tinha apenas uma ovelhinha, esse homem pobre amava a sua ovelhinha, ele era o animalzinho de estimação de seus filhos, ela comia do seu prato e bebia do seu copo, o homem rico recebeu um convidado em sua casa e não queria matar nenhum de seus animais para oferecer ao convidado, ele atravessou a rua e pegou a ovelhinha do homem pobre e a abateu para oferecer ao seu convidado, quando Davi ouviu a história de Natã disse: Esse homem não é digno de viver, ele morrerá pelo que fez, lemos então um texto muito conhecido de II Samuel: Natã aponta o dedo para Davi e diz: Você é esse homem, é de você que eu estou falando, você é rei de Israel e tem tantas mulheres, tem toda a riqueza que pertenceu a Saul e Deus ainda te protegeu das mãos dele e se tudo isso não fosse suficiente, Deus ainda daria a você qualquer coisa que você quisesse, mas Urias, Urias tinha apenas uma mulher e você a tomou e você o matou.

Bem ali na frente de todo o tribunal, Natã confronta e acusa Davi do seu pecado, lembre-se de que Davi era rei, ele poderia ter dito: Cortem a cabeça, próximo, ele poderia ter feito isso e continuado de onde havia parado, mas Davi não fez isso. É aí que o livro de II Samuel oferece o conteúdo histórico para alguns dos melhores Salmos de Davi, no Salmo 51, Davi confessou todo o seu horrível pecado, se você tiver um pecado e não souber como confessar, leia o Salmo 51 numa tradução que você entenda bem e deixa que a oração de Davi nesse Salmo seja a sua confissão, se fizer isso, aprenderá confessar o seu pecado, Davi confessou, mas esse pecado tinha conseqüências e ele foi punido, ele foi disciplinado por causa do seu pecado, Natã previu essa disciplina no capítulo após capítulo do livro de II Samuel, você vê a profecia de Natã se cumprindo.

Quando Davi faz esse pedido no Salmo 51 no verso 10: Cria em mim um coração puro oh Deus, ele está dizendo pra Deus: Faz alguma coisa do nada, ponha algo no meu interior, faz a minha essência diferente de quando eu nasci, caso contrário eu vou continuar pecando, eu não consigo parar de pecar, o Senhor precisa fazer um milagre de criação no meu interior, essa é a única maneira de eu viver uma vida que eu glorifique. A resposta à esse pedido é o que o Novo Testamento chama de novo nascimento, Jesus disse: O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do espírito é espírito, não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo.

Quando os apóstolos se referem ao novo nascimento em suas epístolas eles usam uma palavra criação, se alguém está em cristo é nova criatura, Deus criou algo na essência do homem e da mulher que nasceram de novo. Davi teve uma revelação profética quando orou mil anos antes de Jesus dizer: É necessário que vocês nasçam de novo, observe também o que motivou Davi a querer esta restauração. Ele disse: Então eu ensinarei os teus caminhos aos transgressores para que os pecadores se voltem para ti.

Novo nascimento

Lembre-se que Davi era o pregador de uma grande congregação e amava a palavra de Deus, ele meditava na palavra de Deus dia e noite e amava pregar, amava ensinar e a cantar a palavra de Deus, ele amava conduzir a adoração ao Senhor, por isso Natã sabia que havia alguma coisa errada com Davi, provavelmente ele não fez nada disso durante todo aquele ano, a restauração de sua alma possibilitou voltar a fazer todas essas coisas, o Salmo 51 Davi não tem dúvida de que Deus iria restaurar sua alma e derramar todas essas maravilhosas bênçãos espirituais, preste atenção no final do Salmo onde Davi demonstra ter uma revelação incomum, ele disse: Não te deleitas em sacrifício nem te agradas em holocaustos, Davi sabia que ele tinha condições de levar um rebanho inteiro para o tabernáculo, mas também sabia que Deus não queria que ele fizesse isso, Davi disse: Os sacrifícios que agradam à Deus são espírito quebrantado, um coração quebrantado e contrito, a palavra contrito significa extremamente arrependido do pecado, Davi está dizendo que o Senhor quer uma revolução no seu interior e não apenas uma atitude externa é isso que o Senhor quer, por isso ele ora que o Senhor o quebrante no mais íntimo do seu interior e o sare de verdade, ele pede que o Senhor venha criar realmente algo novo no seu interior pra que ele viva uma vida que glorifique a Deus, o Salmo 51 é uma linda oração de confissão e arrependimento. Se você pecou e não sabe como confessar o seu pecado, se você precisa que uma nova alma seja criada no seu interior e não sabe o que fazer para que essa restauração aconteça, leia o Salmo 51 e faça desse Salmo sua oração de confissão e de arrependimento e com certeza você vai alcançar o perdão de Deus.

Sacrificios agrada a Deus

À medida que você vê Deus disciplinando Davi é quase como que se Deus o estivesse açoitando, depois de alguns capítulos você tem a vontade de dizer: Chega, chega Senhor, ele não vai mais agüentar, mas Deus continua mandar mais açoites sobre esse homem. Natã foi bem claro na sua profecia, ele disse: Davi, você pecou contra sua família, é aí que Deus vai punir você, Natã continuou: O primeiro açoite será que a criança que você e Bate-Seba geraram, morrerá, em cumprimento a profecia de Deus, a criança adoeceu, Davi caiu com o rosto em terra e por sete dias e sete noites, orou, jejuou e rogou a Deus, mas a criança morreu, quando ela morreu, os servos de Davi temeram em contar para ele devido ao modo como ele tinha reagido antes da morte dela, Davi os ouviu cochichando e perguntou: Ela morreu? Eles disseram: Sim, então Davi levantou-se, lavou-se, penteou o cabelo, trocou de roupa, comeu uma boa refeição, depois ele foi para o tabernáculo e adorou, as pessoas não entenderam sua atitude e disseram: Não dá pra entender: Enquanto a criança estava viva, você jejuou e orou, quando ela morreu, você celebrou, Davi mais uma vez mostrou sua grandeza, ele disse: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque pensava: Quem sabe se o Senhor compadecerá de mim de modo que viva a criança, mas agora que é morta, porque jejuaria eu? Poderei fazê-la voltar? Eu irei a ela, mas ela não voltará para mim, este texto é um grande consolo para qualquer um que teria perdido um filho.

Creio que esta história está nos dizendo que quando Deus leva a vida de um filho, não deve existir dúvida quanto ao destino eterno desta criança. Davi expressou sua esperança quando disse: Eu irei a ela, mas ela não voltará para mim.

Quando Davi recebeu a notícia de que seu filho Absalão tinha morrido, sua dor não tinha limites, ele disse repetidas vezes: Meu filho Absalão, meu filho Absalão, meu filho, meu filho Absalão, quem me dera que eu tivesse morrido por ti Absalão, meu filho, meu filho, Davi chorou tanto por seu filho que o seu general disse: Acho que se Absalão tivesse sobrevivido e todos nós tivéssemos morrido, ele ficaria bem.

Porque Davi reagiu de um jeito com a morte de Absalão e de outro com a morte do outro filhinho? Porque Davi sabia para onde seu neném tinha ido e sabia que iria encontrá-lo novamente, Davi não podia dizer a mesma coisa a respeito de Absalão, por isso chorou tanto quando ele morreu e as conseqüências continuaram pelo capítulo 13 em diante.

Davi tinha um filho chamado Amnon e uma filha chamada Tamar, Amnon estuprou Tamar, então o seu filho Absalão que era a menina dos olhos de Davi matou Amnon seu irmão, Absalão então fugiu para salvar sua vida e tornou-se um foragido, você está vendo as conseqüências do pecado de Davi e sua família? Quando lemos esses capítulos torna-se impossível não perceber as terríveis consequêcias do pecado dele, lemos que Davi desejou a companhia do seu filho Absalão, ele teve saudades de Absalão que teve que fugir depois que assassinou o seu irmão Amnon, finalmente Absalão foi trazido de volta graças a algumas manobras por parte do general Joabe, quando Absalão voltou, Davi cometeu outro grande erro, ele não conseguiu perdoar Absalão completamente, Davi disse: Torne para a sua casa e não veja a minha face, com isso, Davi alienou seu filho Absalão permanentemente, então Absalão iniciou uma revolução contra seu pai, durante quatro anos Absalão que era tão bonito quanto Davi, estacionava sua carruagem último tipo junto aos portões da cidade, quando as pessoas chegavam trazendo suas causas para serem julgadas pelo rei, Absalão dizia mais ou menos assim: Olha, o rei não tem gente para atender vocês, ele não tem pessoal para ajudar vocês, mas se eu fosse rei eu faria questão que suas causas fossem tratadas justamente, quando as pessoas o reverenciavam, Absalão recusava a reverência e procurava mostrar humildade apertando as mãos das pessoas, ele fez esse joguinho político durante quatro anos e conquistou o coração de todo o País, depois de quatro anos ele pediu permissão a seu pai Davi para oferecer um sacrifício e cumprir um voto que havia feito, então a partir da cidade de Hebrom, Absalão iniciou uma revolução contra seu pai.

Davi viveu alguns dos dias mais difíceis de toda a sua vida quando soube que seu filho tinha colocado toda a Nação contra ele, quando você lê todas essas tragédias na vida de Davi, lê também a grandeza desse homem, por exemplo: Quando Davi estava partindo de Jerusalém, veio um homem chamado Simei que passou a seguí-lo pelo alto dos montes amaldiçoando, jogando pedras e dizendo coisas horríveis sobre ele.

Abisai, um dos homens de confiança de Davi disse: Porque amaldiçoaria esse cão morto ao rei meu Senhor? Deixa-me passar e lhe tirarei a cabeça, era tão fácil para Davi dizer: tudo bem vai lá e faz isso, mas Davi disse: Deixa-o amaldiçoar, talvez Deus o tenha mandado me amaldiçoar, eu mereço, deixa-o amaldiçoar e assim quando Davi saía do vale, esse homem o amaldiçoava, jogava pedras nele, mais tarde no livro de Reis, lemos que no seu leito de morte, Davi disse a Salomão: Lembra-te de Simei? Eu pelo Senhor lhe jurei dizendo que não o mataria a espada, mas agora não tenhas por inocente, és homem sábio e bem saberás o que hás de fazer, Salomão então mandou matar Simei.

Naqueles tempos os conselheiros eram pessoas muito importantes e valorizadas, Davi tinha um conselheiro chamado Aitofel, um homem muito sábio, ele foi como um pai para Davi, mas Aitofel traiu Davi, aconselhou Absalão a levar todas as mulheres de Davi para o terraço do palácio para forçar o seu pai a sair pra lutar, antes que estivesse pronto, lá a vista de todo Israel, Absalão devia estuprar todas as mulheres do rei, uma de cada vez, Absalão seguiu o conselho de Aitofel, quando Davi ficou sabendo dessa atrocidade que tinha sido a conselho de seu querido amigo, o homem que ele considerava como pai que tinha aconselhado seu filho a tomar as suas mulheres, Davi escreveu o Salmo 55, leia esse Salmo e veja como o coração de Davi estava cheio de horror, abatimento e angústia, aquela notícia abalou seu coração, apesar de tudo isso, Davi ainda teve uma incrível vitória militar, mas antes de dar a estratégia de batalha as suas tropas, ele os instruiu não fazer nenhum mal ao jovem Absalão, o último açoite de Deus sobre Davi, foi quando ele soube que Absalão tinha sido morto na batalha, talvez Davi soubesse que Absalão morreu em conseqüências dos pecados que Davi mesmo cometera e por isso ele gostaria de ter morrido no lugar de Absalão, o que Davi nos mostra exatamente como lhe dar com o erro e o fracasso espiritual e moral, o segredo é confessar, confessar os pecados, por isso depois de tudo temos as palavras do Senhor Jesus que disse: Agora vá, vá e não peques mais.

Enquanto Davi saía de Jerusalém escreveu o Salmo 3: (Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.

Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus.

Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Com a minha voz clamei ao Senhor, e ouviu-me desde o seu santo monte.

Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.

Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.

Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.

A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção).

Quando Davi pensava no seu passado, lembrava-se dos milagres marcantes que viveu, olhando para aquelas respostas de oração do passado, Davi tinha a confiança e a fé para confiar em Deus no presente e confiar a ele o seu futuro, o que Davi fala no Salmo 4:

(Ouve-me quando eu clamo, ó Deus da minha justiça, na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.

Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira?

Sabei, pois, que o Senhor separou para si aquele que é piedoso; o Senhor ouvirá quando eu clamar a ele.

Perturbai-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama, e calai-vos.

Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no Senhor.

Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? Senhor, exalta sobre nós a luz do teu rosto.

Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho.

Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança).

Davi resolveu oferecer sacrifício de justiça e colocar sua confiança em Deus, depois disso ele teve paz e pôde ir dormir.

Depois que o Senhor nos faz deitar e reconhecer que somos ovelhas e Ele é o pastor, nos levantamos outra vez, tínhamos esquecido quem é o pastor e quem é a ovelha, é nesse momento que precisamos ser restaurados, quando nos levantamos e assumimos o controle e tentamos fazer o papel de pastor, os pastos verdes ficam queimados e as águas tranqüilas tornam-se turbulentas e o cálice que estava transbordante se esvazia, é nesse momento que precisamos ser restaurados, quando Deus nos restaura? Quando precisamos de restauração? Deus é muito prático, Davi coloca da seguinte forma: Restaura a minha alma, como? Guia-me pelas veredas da justiça e retidão por amor do seu nome, o que você acha que precisamos fazer para vivermos um reavivamento, uma renovação? Para muitas pessoas é necessário ir ao culto da igreja, talvez seja necessário um pouco de oração, realmente isso está incluído no processo, é muito importante, mas, para dizer a verdade, Deus é bem prático, preste atenção: Precisa ser restaurado, é assim que eu gostaria de restaurar você, ande no caminho da justiça, a medida que você andar no caminho da justiça, sua alma será restaurada, é isso que vemos na vida de Davi em II Samuel nos capítulos 11 a 18.

Davi tinha resolvido fazer o que era certo, tinha resolvido oferecer sacrifícios de justiça e confiar em Deus, ele tinha se comprometido com Deus e por isso afirmou: Andarei no caminho da justiça por amor do Seu Nome, depois disso Davi andou no caminho da justiça por muitos anos, enquanto Davi andou no caminho da justiça e foi disciplinado e sofreu todas as conseqüências do seu pecado, também recebeu de Deus a graça necessária para fazer o que era reto.

Quando Davi respondeu a disciplina de Deus e a todas as conseqüências do seu pecado, Deus restaurou a sua alma.

Davi foi rei durante quarenta anos, depois de dezesseis anos no reinado ele pecou, depois do pecado, Davi voltou a andar no caminho da justiça e então Deus restaurou sua alma e também o seu reino, Deus o colocou novamente no trono e Davi então reinou como o melhor rei que Israel já teve, por mais de vinte e quatro anos. Deus realmente restaurou a alma de Davi quando ele andou no caminho da justiça. Isso nos mostra que o Senhor realmente pode restaurar.

Devemos aprender as lições espirituais que Deus quer ensinar com esse período da vida de Davi, uma das aplicações mais importantes que podemos fazer da história do pecado de Davi tem a ver com a maneira como ele lidou com o problema da culpa.

A bíblia é moral e nos ensina que há o certo e o errado, se você tem um padrão de integridade e de retidão e seu estilo de vida não se encaixa com esses padrões, você está fazendo o seu próprio corpo adoecer. Se você diz: O Senhor é o meu pastor e eu não temerei, mas na verdade está morrendo de medo e de preocupação, então você está enchendo seu subconsciente de conflitos.

Uma das formas mais intensas de conflito é a culpa, mas a culpa pode ser algo bom porque você se sente culpado e isso significa que você possui um padrão de retidão, significa que você tem integridade, sua culpa mostra que você crê que há um padrão de certo e errado e que você não está vivendo de acordo com esse padrão. Jesus declarou: Os olhos são a candeia do corpo, se os olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas, há muita gente vivendo nesse tipo de escuridão.

As escrituras nos ensinam a resolver nossos conflitos da seguinte maneira: Já que a lâmpada do corpo são os olhos, se você enxerga bem, se sua visão está correta e você vive da maneira como enxerga a vida, todo o seu corpo será cheio de luz.

As escrituras dizem que podemos resolver nossos conflitos vivendo conforme aquilo que cremos.

Davi nos disse que resolvemos nosso problema de culpa quando reconhecemos o padrão de Deus, mesmo que esse padrão nos condene. Quando confessamos nossos pecados Deus restaura nossa alma, essa é uma das mais importantes aplicações que podemos fazer com a história do pecado de Davi.

Davi só encontrou o verdadeiro descanso e o alívio quando confessou o seu pecado, quando se arrependeu, Deus realmente deu a ele o descanso, e você também pode alcançar este descanso, esse alívio para sua alma, muita gente já tem encontrado o verdadeiro descanso através do perdão de Deus, então recorra ao Senhor, peça perdão, e Ele vai fazer você ter uma nova vida, uma vida de alívio e de descanso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.