I Samuel

Samuel: Significa ouviu Deus, escrito por Samuel.

Jesus nos ensinou a orar, Ele falou: Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu nome, venha o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu, o pão nosso de cada dia nos dá hoje, antes de Jesus nos ensinar a pedir, Ele nos ensinou a colocarmos Deus em primeiro lugar, Ele nos ensinou a dizer: Deus em Teu nome, Deus o Teu reino, Deus a tua vontade são importantes para mim, em submissão a tudo isso, dá-me o que preciso.

Jesus nos ensinou a dizer na oração do Pai nosso: Venha o Teu reino, quer dizer: Quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus, e se alguém não nascer da água e do espírito, não pode entrar no reino de Deus. O novo nascimento é o meio de se chegar a um fim, o fim é o reino de Deus.

aceitarJesus

Quando vimos que os filhos de Israel tinham uma liderança de acordo com a vontade de Deus, era tudo o que Deus queria: Deus governando o povo, tudo que se precisava era de um profeta sacerdote como Moisés ou Samuel, quando ele subia ao topo da montanha para interceder junto a Deus pelo povo, era o sacerdote, quando ele descia da montanha com as palavras de Deus para o povo, ele era o profeta, era isso que Deus queria. Samuel tinha a posição de líder, um profeta sacerdote, ele fazia a mesma coisa que Moisés.

Um dia o povo falou para Samuel: Samuel, nós não queremos mais esse tipo de Governo, nós não queremos que Deus seja nosso rei, queremos um rei como os outros povos têm. Samuel ficou muito chateado, quando Samuel buscou a Deus, Deus lhe falou: Samuel, eles não estão rejeitando você, eles estão rejeitando a Mim, Sou Eu que eles não querem mais, eles não querem mais que Eu seja o rei deles, Sou Eu que estou sendo rejeitado, não você.

Deus disse: Vejam bem, nos Meus planos, Eu seria o rei de vocês, mas vocês querem do seu jeito, então Samuel, dê a eles o rei que eles querem.
É por isso que os livros: Primeiro e segundo Samuel, primeiro e segundo reis e primeiro e segundo crônicas, são chamados de livros históricos literários do reino, esses seis livros são sobre os reis que eles tanto queriam.

O primeiro rei foi um homem chamado Saul, Samuel teve o privilégio de contratar e ungir o primeiro rei de Israel. Vemos que foi mais difícil para Deus trabalhar com esse rei do que com um profeta sacerdote. Moisés e Samuel faziam exatamente o que Deus ordenava, mas o rei Saul desobedeceu a Deus, e quando Saul desobedece, Deus já não podia mais trabalhar através dele.

Samuel, portanto teve o prazer de despedir o primeiro rei de Israel, Deus disse: Despeça-o, por que, se ele não faz o que Eu mando fazer, não posso trabalhar através dele, por isso que o rei seguinte foi segundo o coração de Deus e que fez a vontade de Deus. Quando Samuel despediu Saul e disse: Deus tirou o reino de suas mãos e dará a um homem segundo o seu coração e que fará a sua vontade, se o homem fizer a vontade de Deus, Deus pode trabalhar através Dele. Independente se o rei fosse obediente ou desobediente, o profeta sacerdote estava sempre em cena, se o rei não obedecesse a Deus, o profeta sacerdote entrava em cena e transmitia-lhe a palavra e a vontade de Deus, ele dizia: Melhor você fazer o que Deus quer ou trará problemas para você e para todo o povo, isso aconteceu durante toda a história do reino.
Davi foi o segundo e melhor rei que Israel teve, ele era um rei obediente e queria cumprir plenamente a vontade de Deus, Deus realmente trabalhou através de Davi.

O reino de Davi foi sucedido por Salomão seu filho, a princípio parecia que ele seria um tipo de homem que Deus poderia usar, mas logo no começo do seu reinado, Salomão afastou-se de Deus, ele teve setecentas mulheres e trezentas concubinas e essas mulheres o afastaram de Deus, e Salomão seguiu-as adorando os seus deuses.

Foi aí que veio o desastre sobre o povo de Deus, com o resultado do reinado de Salomão o reino se dividiu:

As dez tribos do Norte de Israel se alto denominaram Israel;
As duas tribos do Sul: Benjamim e Judá passaram a ser conhecidos por Judá;
Os filhos de Israel se tornaram um reino dividido, não por causa dos pecados de Davi, mas como conseqüência dos pecados de Salomão;
Os Assírios levaram os reinos do Norte, nunca voltaram do cativeiro, nunca mais ouviu se falar delas;

Os Babilônios conquistaram o reino do Sul, as tribos de Benjamim e Judá foram levadas cativas para Babilônia por setenta anos;

Depois que se passaram setenta anos, a Pérsia conquistou a Babilônia;
Uma das primeiras coisas que aconteceram foi que Ciro o grande imperador da Pérsia teve um sonho, neste sonho o Deus vivo e verdadeiro moveu-o a fazer um decreto declarando que todos os hebreus cativos que habitavam na Babilônia, a qual tinha se tornados Pérsios eram livres para voltar para Israel e reconstruir o templo e a cidade.

Conheça os setes fatos da história dos hebreus:
1° – É o reino: O povo pediu um rei, por isso, Deus deu-lhes um rei, como conseqüência dos pecados de Salomão, o reino foi dividido;
2° – O reino dividido;
3° – Os Assírios levaram cativos os reinos do Norte que estava dividido do reino do Sul;
4° – Extinção do reino do Norte, depois que as dez tribos do Norte foram tomadas cativas pelos Assírios, nunca mais ouvimos falar das dez tribos de Israel, elas são tidas como as dez tribos perdidas de Israel.
5° – O cativeiro Babilônio do Sul;
6° – Conquista dos Babilônios pelos Persas;
7° – Retorno de alguns Judeus do cativeiro Babilônio.
Com esses sete fatos, você possui conhecimento suficiente para entender o Velho Testamento.

setefatoshebreus

Reino de Deus: Significa que Deus é o rei e que Ele tem um reino e esse reino é um território sobre o qual, o rei é Soberano e reina, esse território constitui-se Seu reino.

Quando lemos o Novo Testamento, depois que aqueles reis trouxeram a divisão do reino e os cativeiros, temos o que chamamos de: Os quatrocentos anos de silêncio não aconteceram nada nesse período, Deus não falou nada, desde o fim da história dos hebreus, no final do livro de Neemias até o período do Novo Testamento, quando Deus quebra esse silêncio de quatrocentos anos, o povo de Israel estava dominado novamente, desta vez pelos Romanos, estavam sob um domínio terrível, o silêncio foi quebrado quando João Batista e Jesus Cristo o Messias, começaram pregar as boas novas do reino de Deus, eles pregavam o tempo todo sobre o reino de Deus.

Desta vez o reino de Deus acontece individualmente, ele está dentro de você. A aplicação que Jesus disse, é que, qualquer homem, mulher, menino, menina que permite que Deus levante a bandeira branca de rendição no seu coração e declare: Eu quero que o Senhor seja o meu rei, eu quero andar debaixo do Seu governo, essa pessoa sim, faz parte do reino de Deus.

Quando Jesus disse a Nicodemos que o novo nascimento era um meio e não um fim, é que esse fim era o reino de Deus. Ele disse: Nicodemos, para que as pessoas vejam o reino que constitui as boas novas, elas têm que ter uma experiência com Deus, elas têm que nascer de novo, somente quando elas nascem de novo é que podem ver que Deus quer ser o seu rei, somente depois de terem visto o reino de Deus é que elas entrarão nele. Ninguém pode dizer: Jesus é Senhor, senão pelo Espírito Santo (I Coríntios 12:3).

Porque, onde estiver o teu tesouro, aí também estará o teu coração (Mateus 6:21).

Jesus disse que se você nasceu de novo, você pode ver algo importante, você pode ver algo e entrar em um lugar, Ele disse que se você nascer de novo verá o reino de Deus e que Deus quer ser o seu rei, quando você nascer de novo terá uma relação no qual, Deus é o seu rei.

O propósito do novo nascimento é que você veja e entre no reino de Deus, se você disser que ainda não vê e que ainda não entrou no reino de Deus, você está dizendo que ainda não nasceu de novo? O apóstolo Paulo disse que não podemos dizer que Jesus é o Senhor, se não pelo Espírito Santo, o que Ele quis dizer? Muitas pessoas chamam Jesus de Senhor, mas nunca ouviram falar no conceito de Senhorio, elas confiam Nele como Salvador, mas nunca pensam em perguntar: O que é que o Senhor quer que eu faça? Ah, o Senhor gostaria de ser o meu rei? Jesus disse que o primeiro resultado do novo nascimento é você perceber que Deus quer ser o seu rei, de acordo com Jesus, você iniciará um novo relacionamento, pode ser que você tenha certa dificuldade de se sujeitar totalmente do Seu reinado, mas pelo menos estará numa relação, onde Deus é o rei.
O conceito do reino de Deus é uma questão muito importante, nossas orações devem iniciar assim: Convém ao Teu reino, quando estabelecemos nossas prioridades, o reino de Deus deve ser a prioridade número um, o centro de suas prioridades deve ser o reino de Deus. Podemos fazer tudo do nosso modo, mas aí teremos que comer o banquete das conseqüências das nossas escolhas.

reino de Deus

Quando lemos os livros literários do reino, devemos ficar atentos a duas coisas: Exemplos e alertas. A Bíblia nos diz que tudo isso aconteceu para que nos sirva de exemplos, por isso devemos sempre procurar saber quais são os exemplos, avisos ou alertas contidas nas narrativas históricas da Bíblia. No livro de Samuel, encontraremos verdades que Deus deseja compartilhar conosco por meio de personagens, alguns deles servem como exemplos para nós, outros como aviso.

Há três personagens muito importantes no livro de Samuel:

Profeta Samuel: Um grande exemplo para nós, Deus tem muito para nos ensinar através de sua vida; ele nasceu por que Deus atendeu a um pedido de sua mãe que chamava-se Ana, que também é um grande exemplo nas escrituras, ela era estéril e naqueles dias acreditava-se que ter filhos era um sinal de bênçãos de Deus, Ana então suplicou à Deus, buscou sua face e chorou diante Dele, pedindo um filho, ela orou com tanto fervor que o velho sacerdote Elí quando à viu pensou que ela estivesse bêbada, ele disse para Ana: Para com essa bebida mulher, Ana explicou a Eli que não estava bêbada, mas estava apenas pedindo um filho à Deus, o velho sacerdote ficou tão tocado por aquela cena que a abençoou e disse que Deus iria ouvir a sua oração e Deus respondeu. Ana concebeu depois que Samuel nasceu e foi desmamado, ela o levou ao templo e literalmente entregou Samuel ao sacerdote Eli que criou como se fosse seu próprio pai.
Eli tornou-se uma pessoa que desobedeceu a Deus, pelo fato de não ter disciplinado seus filhos, muitas coisas erradas estavam acontecendo. Deus falou com o jovem Samuel e por seu intermédio deu uma mensagem ao velho sacerdote: que ele seria removido do sacerdócio porque não disciplinou seus filhos.

As escrituras dizem que todo Israel do Norte ao Sul soube que Samuel falava como profeta do Senhor entre eles e que Deus não deixava que nenhuma de suas palavras caísse por terra, todo o Israel ouviu a palavra de Deus por intermédio de Samuel.

O velho sacerdote Eli manteve Samuel no templo, Samuel foi educado nas coisas de Deus e na sua palavra, desde que era uma criança, portanto ele é um bom exemplo do que pode acontecer quando uma criança é criada na fé cristã, a vida de Samuel é um forte argumento para educação cristã infantil.

Samuel deu uma grande contribuição para o trabalho de Deus, foi um marco na história dos hebreus, ele tirou o povo do período de escuridão espiritual, aqueles dias quando os juízes julgavam Israel, os quatrocentos anos vistos no livro de juízes, aqueles anos foi um período de escuridão espiritual para o povo de Israel, não havia liderança diante esse período da história dos hebreus, a liderança que existia era falida, Samuel era considerado por alguns estudiosos como o último juiz, Samuel não era só uma combinação de profeta sacerdote e juiz, ele também era um líder espiritual e também político, era como se fosse o presidente da república, ele preparou também terreno para os líderes que o seguiriam, alguns dos grandes profetas que conheceremos durante o estudo dos livros históricos.

Samuel foi o agente que Deus usou para ungir o maior rei de Israel, o rei Davi, Samuel foi um grande líder espiritual e político, conduziu bem Israel até o fim e sempre teve a mesma conduta.

Rei Saul: A vida de Saul é um alerta e tanto para nós, quando observamos sua vida de perto e fazemos uma aplicação dela para nossa própria vida, vemos que Deus está nos alertando.

Se você nasceu de novo e tem a vida espiritual descrita na Bíblia, você pode perdê-la? Saul parecia ser uma pessoa que tinha uma experiência espiritual genuína no nosso primeiro contato com ele, lemos que ele não era nada espiritual. Saul era um homem muito alto e também o mais bonito em todo o Israel, naquele tempo ser alto era uma grande vantagem, Os jumentos de seu pai tinham-se perdido, Saul e seu amigo saíram para procurá-los, mas eles não conseguiram encontrá-los e quando já estavam prestes a desistir, o amigo de Saul disse: existe nessa região um profeta que pode responder a qualquer pergunta, por que não perguntamos para ele onde os jumentos estão? As escrituras relatam que Deus já havia falado para Samuel: Amanhã, um jovem da tribo de Benjamim irá até você, Eu quero que você unja-o como rei de Israel, então Samuel, já sabia que Saul estava para chegar, quando Saul chegou, Samuel já sabia quem era e estava esperando por ele, Samuel convidou Saul para um banquete e disse: Eu preparei esta ceia para você, a propósito, não se preocupe com os jumentos, toda a riqueza de Israel será sua agora. A resposta de Saul foi: Desculpe, eu sou da tribo de Benjamim, a menor de Israel, minha família é a de menor prestígio em toda a tribo, acho que você pegou o homem errado.

No final do livro de juízes, a tribo de Benjamim lutou contra todas as outras tribos, as outras onze tribos quase exterminaram a tribo de Benjamim, sobraram apenas seiscentos homens, quando Deus entreviu pela segunda vez, Deus disse: Eu não quero que nenhuma das tribos pereçam da face da terra, então os seiscentos Benjamitas foram levados para o deserto, as outras tribos levaram mulheres para eles e disse: Procriam, por que Deus não quer que essa tribo seja exterminada da face da terra.

Quando Samuel demitiu Saul, ele disse: Deus tinha planejado fazer de você e de seus descendentes, reis de Israel para sempre, mas agora o reino será tirado de você, mas Saul escolheu desobedecer a Deus e por isso, Deus teve que tirá-lo.

Saul desobedeceu a Deus duas vezes, ele entrou numa batalha contra os Filisteus, Saul sabia que Samuel chegaria em sete dias, quando chegou o ultimo dia e Samuel não chegou, Saul pegou nos objetos de sacrifício e ocupou o lugar de Samuel e fez as vezes de sacerdote, quando Samuel chegou, ficou muito chateado com Saul, foi aí que ouvimos pela primeira vez falar de Davi, Samuel disse a Saul: Você desobedeceu a Deus, Deus tirará o reino de você e dará a um homem que tem um coração segundo o coração de Deus e que fará a vontade Dele, Ele já achou esse homem que é melhor do que você, Davi era esse homem segundo o coração de Deus, parecia que Deus tinha dado a Saul uma segunda chance e aí Saul desobedeceu a Deus pela segunda vez, Deus deu ordens para Saul acabar com os Amalequitas e exterminá-los totalmente, ele teria que destruir tudo, o povo e todo o seu despojo, mas quando o exército de Saul conquistou os Amalequitas, ele e seus homens ficaram com o melhor de tudo para eles, então, Deus apareceu a Samuel e disse: Eu me arrependo de ter feito de Saul o rei, ele me desobedeceu outra vez, você tem que tirá-lo, quando Samuel ouviu isso, chorou a noite toda diante do Senhor, então logo cedo foi encontrar-se com Saul, quando Samuel encontrou-se com Saul, Saul disse: Fiz o que Deus mandou fazer, então Samuel disse: que barulho de ovelha é esse que estou ouvindo e que mugido de bois é esse hein? O que significa isso? Saul respondeu: Nós planejávamos sacrificá-los a Deus, então Samuel disse a Saul: Tem Deus mais prazer em ofertas queimadas e em sacrifícios do que a obediência? (I Samuel15:22).

Obediência é melhor do que sacrifícios, Ele está muito mais interessado em que você o escute do que na sua oferta de carneiros. Saul confessou: Eu pequei, mas Samuel, Deus vai me perdoar, vem adorar comigo e mostrar ao povo que está tudo bem entre nós, Samuel disse: Não adianta, você rejeitou as ordens de Deus e Deus rejeitou você, quando Samuel virou-se para sair, Saul agarrou o se manto que chegou a se rasgar e então Samuel disse: Da mesma maneira Deus vai rasgar de você o reino e vai dá-lo a outro que fará toda a vontade de Deus, depois disso iniciou-se a decadência de Saul, a vida de Saul é uma alerta para nós, muitos deles desobedeceram e perderam a glória de Deus.

Rei Davi: Davi foi o melhor rei que Israel teve, foi um dos personagens muito importante, se considerarmos a sua contribuição para o trabalho de Deus. Deus ordenou Samuel que ungisse Davi como segundo rei de Israel, a partir daí Saul começou persegui Davi, é impressionante, quando Davi pecava, ele orava: Não retire o Espírito Santo de mim.
Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo (Filipenses 1:6). Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade (Filipenses 2:13). Isso significa que há duas dimensões do trabalho do Espírito Santo: Há o trabalho do Espírito Santo em nós e há benção ou unção do Espírito Santo sobre nós. O Espírito Santo vêm sobre nós para serviço ou ministério, a evidência do trabalho do Espírito Santo em nós é chamado de: Os frutos do Espírito Santo. O trabalho do Espírito Santo em nós é o que o Novo Testamento chama de “O novo nascimento”.

novo nascimento

Quando Samuel foi enviado para ungir Davi, ele foi enviado na casa de Jessé que era pastor de ovelhas e tinha sete filhos além de Davi, Jessé não sabia qual seria ungido o rei, depois que o primeiro filho veio à frente, Deus disse: Esse não é o homem, logo veio o segundo filho, mais uma vez Deus disse a Samuel: não é esse, assim aconteceu com os sete filhos que se apresentaram a Samuel, um após o outro, todos foram rejeitados, Samuel disse a Jessé que Deus não tinha escolhido nenhum deles, Samuel perguntou: Esses são todos os seus filhos? Jessé respondeu: Tem o filho caçula, ele está lá nos campos cuidando das ovelhas, Samuel disse: Eu vou esperar até que ele chegue, então Davi chegou, de boa aparência, corado, bonito os olhos, então o Senhor disse: É esse quem você deve ungir, então, enquanto o Davi estava ali junto aos seus irmãos, Samuel pegou o azeite e derramou sobre a cabeça dele, o Espírito de Jeová veio sobre ele e a partir daquele dia, ele passou a ter poder, e assim foi a unção do segundo rei e o melhor rei que Israel já teve, demorou um tempo até que Davi assumisse o trono, quando a vida de Davi começa a ser descrita dos capítulos dezesseis até trinta e um de primeiro Samuel, vemos que ele viveu um treinamento preparado por Deus, Deus o estava preparando para o ministério que tinha para ele.

Se você ama a Deus e é chamado de acordo com o Seu propósito, cada experiência sua é uma preparação para algo que você faça no futuro, realmente todas as coisas cooperam para o bem se amamos a Deus, cada experiência que tem é uma preparação para outro dia que viverá.
Quando você estuda a vida de Davi, você vê que realmente era prudente para tomar decisões, homem de guerra, de boa aparência, sabe tocar bem, forte e valente e o Senhor é com ele, dividiu os sacerdócios em vários setores depois que se tornou rei, ele escreveu metade do livro de Salmos, Davi era um grande compositor.

Davi era pastor de ovelhas, mas sua primeira oportunidade foi por que ele era músico, Davi teve sua grande oportunidade por que sabia tocar harpa, Davi trouxe louvor à adoração, foi Davi que afirmou ser possível aproximar de Deus através do louvor. Quando Davi desafiou Golias, ele disse: Tu vens a mim com espada, com lança e com escudo, mas eu vou contra a ti em o nome do Senhor dos exércitos de Israel o qual tu tens enfrentado, Davi provou que Deus estava com ele, matando o gigante, o rei Saul assistiu tudo e perguntou: Jovem, você é filho de quem? Davi disse: Sou filho de Jessé seu servo. Davi tinha o dom de ser líder.

A amizade de Davi e Jônatas filho de Saul era tão sincera e é um bom exemplo a ser seguido, Davi também foi um fugitivo, sua experiência como fugitivo foi um período em que Deus estava o preparando para o grande ministério que ele teria mais tarde. Davi é um exemplo, por que era um homem segundo o coração de Deus, que fez toda a vontade de Deus.

<― Anterior Próxima ―>

Anúncios

7 respostas em “I Samuel

      • O mundo embrulha suas ofertas em papeis laminados lindos e atraentes e coloca holofotes com as mais diversas cores que aos olhos carnais são irresistíveis, mas graças a Deus com a sua infinita misericórdia através do seu filho Jesus nos deu o penhor do Espírito Santo, no qual nascemos de novo e enxergamos com os nossos olhos espirituais que tudo isso não passa de ilusão, devemos nos posicionar em busca de almas para Jesus e mostrarmos que estamos neste mundo, mas não somos daqui, somos peregrinos aqui, que nós enquanto aqui estamos, sejamos obedientes à sua voz, atentos aos seus conselhos, praticantes da sua palavra, não por medo Dele, não por medo do inferno, não por medo do pastor, não por medo de ser excluído, mas por medo de não amá-lo.

        Curtir

      • Estamos revisando os livros da Bíblia Sagrada e em breve teremos download dos mesmos para apresentação.

        O povo perece por falta de conhecimento (Oséias 4:6).
        E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32).
        Obrigada por compartilhar. Que o Senhor Jesus Cristo lhe abençoe grandemente.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.